quarta-feira, julho 27, 2005

A Oficina e o Tempo


Cá estou eu postando diretamente do flickr.
A oficina então foi maravilhosa! Fiquei com vontade de ensinar mais e mais...
Até pensei em reservar um horário do meu atendimento pra ensinar. Será que daria certo???
Estou novamente ansiosa com o tempo... Tanta coisa pra ver, tanta coisa pra fazer, tantas idéias e nada de tempo. Administrar o tempo é uma arte. Eu não sei fazer isso. Qualquer coisa me desvia, qualquer mudança na rotina me atrapalha. É preciso muita perseverança!!! Eu luto há anos com o tempo. Segue um poema de Viviane Mosé, cujo livro estou querendo comprar. Mais um pra minha pilha de livros a serem lidos!

quem tem olhos pra ver o tempo soprando sulcos na pele soprando sulcos na pele soprando sulcos?
o tempo andou riscando meu rosto
com uma navalha fina

sem raiva nem rancor
o tempo riscou meu rosto
com calma

(eu parei de lutar contra o tempo
ando exercendo instantes
acho que ganhei presença)

acho que a vida anda passando a mão em mim.
a vida anda passando a mão em mim.
acho que a vida anda passando.
a vida anda passando.
acho que a vida anda.
a vida anda em mim.
acho que há vida em mim.
a vida em mim anda passando.
acho que a vida anda passando a mão em mim

e por falar em sexo quem anda me comendo
é o tempo
na verdade faz tempo mas eu escondia
porque ele me pegava à força e por trás

um dia resolvi encará-lo de frente e disse: tempo
se você tem que me comer
que seja com o meu consentimento
e me olhando nos olhos

acho que ganhei o tempo
de lá pra cá ele tem sido bom comigo
dizem que ando até remoçando

Eu preciso encarar o tempo de frente.
Bjbjbjbj
Cáu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

valeu pelo comentário!!! :o)))

Related Posts with Thumbnails